Hiperatividade

A criança hiperativa

criança hiperativa - microfisioterapia

É comum as crianças serem ativas, sem que isto seja uma hiperatividade anormal ou patológica.

A diferença é que a criança hiperativa mostra um excesso de comportamentos, em relação às outras crianças, além de dificuldade em manter a concentração, impulsividade e agitação.

A criança hiperativa é um desafio para seus pais, familiares e professores.

A hiperatividade pode ocorrer em diferentes graus de intensidade, com sintomas variando entre leves a graves.

A depender da gravidade destes sintomas, a hiperatividade pode comprometer o desenvolvimento e a expressão linguística, a memória e habilidades motoras.

Pode afetar crianças, adolescentes e até mesmo alguns adultos, embora o mais comum seja encontrar meninos hiperativos.

Nem todas as formas de hiperatividade tem relação com déficit de atenção.

Outras causas possíveis são alterações metabólicas e hormonais, intoxicação por chumbo, complicações no parto, abuso de substâncias durante a gestação, entre outras.

Problemas situacionais, como crises familiares (luto, separação dos pais e outras mudanças) podem ser traumáticas para crianças e levarem a um quadro de hiperatividade reativa.

Todas estas possíveis causas devem ser investigadas antes de iniciar o tratamento da hiperatividade, especialmente quando se desconfia de hiperatividade em bebês.

Um especialista em comportamento infantil pode ajudar a distinguir entre a criança normalmente ativa e enérgica e a criança realmente hiperativa.

criança hiperativa - microfisioterapia
As crianças até mesmo as menores podem correr, brincar e agitar-se felizes durante horas sem cochilar, dormir ou demonstrar qualquer cansaço.

Para garantir que a criança realmente hiperativa seja tratada adequadamente – e evitar tratar erroneamente uma criança normal – é importante que seu filho receba um diagnóstico preciso.

É também possível encontrar Déficit de Atenção sem Hiperatividade.

Há mais de um tipo de TDAH:

• TDAH Tipo Desatento

• TDAH Tipo Hiperativo-Impulsivo

• TDAH Misto / Combinado.

Apoio com a Microfisioterapia

Através da Microfisioterapia, encontramos e eliminamos traumas físicos, químicos e emocionais vividos pela pessoa desde a fase gestacional, reprogramando as suas células para um funcionamento saudável. 

Foto sessão de Microfisioterapia com Dra Viviane Rocha

Com o toque sutil busca-se identificar o problema que esteja gravado na memória celular do paciente e que gera os sintomas e doenças.

Essa memória celular pode ser de origem hereditária, de algum evento vivenciado pela família, sendo gerado na vida fetal, na pré concepção, no parto ou mesmo vivenciado pela próprio indivíduo.

Quais os benefícios da Microfisioterapia?

• Melhora o estado emocional 

• Renovação Celular 

• Equilibra as emoções 

• Promove a saúde 

• Estimula o sistema imunológico 

• Identificação da causa primária de um sintoma ou de uma doença 

• Tratamento das dores 

• Restaura a vitalidade do corpo

Se interessou? Esclareça suas dúvidas, entre em contato e agende sua sessão.

Gostou do conteúdo?
Compartilhe para que seus amigos e familiares possam se beneficiar também.